A história da Rola Moça é fruto do amor e dedicação de um jovem casal empreendedor que, em 1996, em virtude da necessidade de criar e produzir peças comercializáveis, deu origem à marca.

Inicialmente as peças mesclavam entre diferentes estilos e eram produzidas em um pequeno quarto de apartamento por ela, enquanto ele viajava para vendê-las.

A demanda pelos produtos de moda fitness da Rola Moça crescia a cada dia, quando em 2001 a Rola Moça passou por um reposicionamento de marca e começou a investir exclusivamente no segmento fitness.

Para garantir excelência em qualidade, todos os processos, da criação ao acabamento, passando pelo corte e estamparia, são realizados dentro da fábrica da Rola Moça, localizada em Estrela no Rio Grande do Sul.

Hoje, após 20 anos, a Rola Moça é um referencial em moda esportiva no mercado. Uma marca que agrega qualidade, design e tecnologia em cada peça desenvolvida.

Suas cores vibrantes, tecidos inteligentes, estampas digitais, sublimações e modelagens criteriosas proporcionam looks diferenciados e antenados às principais tendências de moda conquistando o Brasil e o mundo.

O nome Rola Moça foi inspirado num poema de Mário de Andrade. Na região metropolitana de Belo Horizonte encontra-se o Parque Estadual da Serra do Rola Moça, o qual é o habitat natural de espécies da fauna ameaçadas de extinção como a onça parda, a jaquatirica, o lobo-guará, o gato-do-mato, o macuco e o veado campeiro.

O parque está situado numa zona de transição de Cerrado para Mata Atlântica, rico em campos ferruginosos e altitude, com uma vegetação diversificada e colorida e seis importantes mananciais de água, sendo que um destes tem o nome de Rola Moça. Pois bem, o nome do Parque e da Serra, que é Rola Moça, foi contado em “causo” e mais tarde imortalizado por Mário de Andrade no poema “A Serra do Rola Moça”.

O poema relata a história de um casal que, logo após a cerimônia de casamento, cruzou a Serra de volta para casa. No caminho, o cavalo da moça escorregou no cascalho e caiu no fundo do grotão. O marido, desesperado, esporou seu cavalo ribanceira abaixo e “a Serra da Rola-Moça Rola-Moça se chamou”.

A Coleção Cápsula Rola Moça Uma História de Amor resgata a origem na qual foi inspirado o nome Rola Moça: o poema de Mário de Andrade publicado em 1927.

Assim como o poema, a Rola Moça retrata uma história de amor, tanto por ser uma empresa familiar, quanto por diversos relacionamentos próximos e de longa data com seus clientes..

As peças enfatizam folhagens exuberantes, as quais tem como referência a vegetação diversificada e colorida do Parque Estadual da Serra do Rola Moça, que se encontra na região metropolitana de Belo Horizonte. Nas estampas, as folhagens aparecem em três colorações, combinadas à escrita do poema de Mário de Andrade, ou apenas ao nome Rola Moça.